TAG: Liebster Awards

O mundo blogueiro às vezes te proporciona algumas surpresas boas. Recentemente reencontrei a Mari, dona do The Secret Shoot, que eu conheci lá no comecinho do Miniature Disasters, por volta de 2009/2010. O mais engraçado é que a gente não se perdeu em outras redes sociais, mas por algum motivo não visitávamos mais os blogs uma da outra. Ainda bem que já nos apressamos em mudar isso.
Pois bem, outro dia ela me indicou pra responder uma TAG/meme e cá estou eu para fazê-lo.

Regras da TAG:
– Escreva 11 fatos sobre você.
– Responda as perguntas de quem te indicou.
– Indique 11 blogs com menos de 200 seguidores.
– Faça 11 perguntas para quem indicar responder.
– Coloque a imagem que mostre o selo Liebster Awards (abaixo).
– Link quem te indicou.


Os 11 fatos sobre mim:
1- Quando era criança, quis ser “cientista” porque gostava de aprender sobre os planetas nas aulas do colégio. Daquela época até o dia em que me inscrevi em editoração muitas outras carreiras passaram pela minha cabeça, mas quem diria que um dia eu me interessei por uma carreira meio de exatas.

2- Raramente passo 24 horas sem ouvir música. Estar de fones de ouvido enquanto leio ou faço trabalhos, por exemplo, faz com que eu me concentre melhor, mesmo que às vezes eu pare pra cantar algum trechinho ou pra fazer air drums, embora meu instrumento favorito seja piano (e também o único que sei tocar).
Se quiser conhecer um pouco melhor meu gosto musical, recomendo três rádios do Spotify: a do Coldplay, a de Rock e a do Chico Buarque.

3- Não sei andar de bicicleta. Como ninguém da minha família sabe, passei a infância toda sem ter aulas e, consequentemente, não aprendi a andar por aí sem rodinhas. Hoje morro de medo de tentar e me esborrachar. Sabem aquela cena da Phoebe xingando o Ross porque ele largou a bicicleta? Me identifico pacas HAHAHA

4- Sempre que vejo essas pessoas que adoram fazer exercício eu me pergunto o que se passa na mente delas. Adoro dormir, adoro sofá, adoro fazer vários nada e provavelmente ficaria no pódio se existisse um concurso de preguiça

5- Sou a-pai-xo-na-da por vestidos. No meu mundo ideal, a temperatura oscilaria entre 23º e 25º pra que eu pudesse encher meu armário apenas com vestidos e usá-los todo dia. O mais curioso, porém, é que embora eu prefira esse calor mais ameno ao frio, botas e jaquetas de couro também estão dentre as minhas peças de roupas favoritas.

6- Depois de anos fracassando miseravelmente em qualquer tipo de desenho, recentemente aprendi ao menos a copiar o desenho alheio. Ano passado copiei o Calvin e o Haroldo (minha tirinha favorita❤ ) no meu caderno e devo dizer que fiquei bem orgulhosa do resultado. Criar um desenho sem a base do lado, porém, ainda é tarefa impossível pra mim.

desenho calvin e haroldo

Digam se não ficou uma gracinha? 😍

7- Se você quiser me deixar feliz, chocolate é uma boa opção. Sou daquele tipo de pessoa que gosta de todos os derivados de chocolate (bolo, sorvete, mousse, bolacha, pudim, fondue…) e comeria em quantidades absurdas se não engordasse/aumentasse o colesterol. Só existe um erro nesse quesito comigo: chocolate branco.

8- Em 2009, graças à influência das donas Lívia e Patricia, embarquei num vício que só piorou ao longo dos anos: esmaltes. Dois anos depois desenvolvi alergia, mas isso não me parou: saí à cata de produtos 3free porque não consigo me imaginar sem esmalte nas unhas por muito tempo. Tenho um amor especial por esmaltes metálicos ou com glitter.

9- Odeio baratas com todas as forças do meu ser. Provavelmente “puxei” isso da minha mãe, que morria de medo e se escondia comigo no quarto enquanto meu pai tentava matar o inseto maldito. Cada vez que eu vejo um desse bichinhos horrendos na minha frente, eu preciso me controlar muito pra não dar escândalo.

10- Se tem um sotaque que me deixa maravilhada é o britânico. Migos, sério, esse negócio não é de Deus. Gosto muito de outros sotaques (principalmente do italiano), mas nenhum tem o mesmo efeito do britânico. Eu poderia ouvir eles dizerem qualquer coisa e ainda acharia lindo.

11- Desde que me conheço por gente eu fujo de conflitos como o diabo foge da cruz. Brigas, sejam elas verbais ou físicas, me deixam totalmente desconfortável. Eu tenho um perfil meio conciliador, sou do tipo que quer apaziguar os ânimos quando vejo duas pessoas queridas brigando. E se não consigo fugir de um envolvimento direto na discussão, provavelmente ficarei me sentindo mal por eras depois.

Respondendo as perguntas da Mari:
1- Por que você escolheu esse visual para o seu blog?
Essa é uma boa pergunta HAHAHA
Acho que depois de usar uma série de layouts mais coloridões eu decidi optar por um visual mais clean. Escolhi uma foto do meu piano pra complementar porque gostei muito dela. Por enquanto escolhi o meu tema favorito dentre os gratuitos do WordPress, mas quem sabe um dia eu não apareço com um personalizado, né?!

2- Por quanto tempo pretende continuar com o blog?
Acredito que várias coisas possam mudar na minha vida nos anos vindouros (olha só que lexico requintado), mas o blog definitivamente não está entre elas. Já passei por fases de pouquíssimos posts em um longo período de tempo, e talvez isso volte a acontecer no futuro, mas não penso em fechá-lo. Acho que gosto demais da ideia de saber que ele estará lá. Meu blog é uma espécie de porto-seguro cibernético do qual não pretendo abrir mão.

3- Depois de ter começado, já tentou viver sem o blog?
Entrei no mundo blogueiro em 2006 e desde então tive três blogs. O máximo de tempo que fiquei sem ter um espaço na internet foi pouco mais de seis meses, mas às vezes ainda fico distante.

4- Se tivesse que trocar de blog com outra blogueira, com quem trocaria?
Essa vai ser uma resposta piegas, mas não tem como fugir dela: pensei, pensei, e percebi que não conseguiria trocar meu blog com o de outra pessoa. Por mais que eu goste dos textos ou do visual do outro, o Miniature é tão pessoal que seria até meio estranho me desfazer dele. Além disso, a maioria dos blogs que eu curto também é bem pessoal, então também me sentiria “roubando” a individualidade do autor.

5- Que tipo de post você NÃO gosta de comentar em blogs?
Acho que não gosto de comentar naqueles posts em que sinto que o blogueiro não se conectou com aquilo que ele resenhou/recomendou, sabe?! Quando parece só uma apresentação de um produto, sem envolvimento do autor, eu não consigo me identificar. Gosto de textos com experiências pessoais.

6- De 0 a 10 que nota daria ao seu blog e por quê?
Eu daria uns 7 porque a minha frequência de textos é baixa. Mas né, adoro o Miniature de paixão, então a nota só podia ser alta. Sou meio suspeita pra falar HAHAHA

7- Se tivesse que dar seu blog para uma pessoa que não tem blog, para quem seria?
Acho que daria para o meu pai (embora saiba que ele não ia ficar muito feliz com isso, porque ele gosta de ler meus textos hahaha). Sei que ele gosta de escrever e que ele cuidaria bem do meu cantinho.

8- Como você decide o que vai postar no blog?
É uma decisão meio aleatória hahahaha… Na maioria das vezes o que se passa na minha cabeça é “olha, eu bem que podia falar de x no blog” e fim. Costumo refletir mais sobre o texto em si do que sobre o tema.

9- Para você o que é mais importante no blog?
Além de poder compartilhar um pouco das minhas experiências (blog pessoal❤ ), gosto muito da interação que o mundo blogueiro permite. Conhecer endereços novos e responder comentários é sempre uma das partes mais prazerosas.

10- Se existissem regras no mundo blogueira, qual você gostaria que existisse?
Nunca me deparei com algo do gênero, mas na minha vibe meio paz e amor, eu proibiria ofensas pessoais.

11- Já passou por alguma situação constrangedora por causa do blog?
É provável que sim, mas não me lembro de nada agora pra responder.

Minhas 11 perguntas para as indicadas:
A Mari criou (e respondeu) perguntas relacionadas a blogs. Achei todas muito pertinentes e não consegui imaginar nenhuma outra sobre o tema. Como não vi quaisquer regras sobre as perguntas que deveria elaborar (e, de qualquer forma, adoro quebrar regras de tags/memes), minhas perguntas serão mais pessoais.

1- Se você pudesse abraçar um personagem (de livro, filme ou série), qual seria?
2- Qual o tipo de passeio que você mais gosta de fazer?
3- Se você pudesse escolher o país em que nasceu, qual escolheria? Por quê?
4- Qual a música que mais tem grudado na sua cabeça recentemente?
5- Qual a sua comida favorita? E bebida?
6- Se você só pudesse guardar uma foto, qual seria?
7- Qual é a sua lembrança favorita da infância?
8- Se você ganhasse na loteria, o que faria?
9- Qual instrumento musical você sabe tocar ou gostaria de aprender?
10- Qual presente mais te marcou na vida?
11- Se você fosse escrever um livro (ou fazer um filme/seriado, ou gravar um cd), sobre o que seria? E que nome teria?

Não sei bem quais blogs têm ou deixam de ter menos de 200 seguidores, então indicarei blogs mais pessoais que eu adoro (e que gostaria de ver as donas respondendo minhas perguntas). Aqui vai minha lista em ordem alfabética de nome das blogueiras: a (Carol) Yassui, do Flaws Made; a Lí, do BeLivs; a Mai, do Amável Formalidade; a Patthy, do Imaginatif; a Taty, do Enfim, veremos; a Thay, do Dreams; e todo mundo que visitar esse blog e se interessar em responder (porque obviamente eu tinha que quebrar alguma regra) =)

23 comentários sobre “TAG: Liebster Awards

  1. Nunca quis nada que tivesse a ver com exatas na vida, fujo disso desde sempre. hahaha Também não sei andar de bicicleta (na verdade eu andava quando era criança, mas eu caia muito e uma vez quase fui atropelada por um ônibus), e não consigo entender quem gosta de exercícios, muito menos quem gosta de exercícios E dietas. Pensou que bosta fazer exercícios pesados por horas todos os dias e viver de batata doce? Pra mim não rola, não, prefiro meu chocolate. Acho que já comentei isso, mas por muito tempo evitei shorts/vestidos por vergonha das minhas pernas, mas hoje lido bem com isso e uso qualquer roupa desde que eu me sinta bem, desencanei desse tipo de coisa quase que 100%. E bem, como não morrer de medo e nojo de baratas, né? Além de tudo eu sou alérgica a elas, então odeio mais ainda, por mim insetos não existiriam no meu universo particular. Não podia deixar de concordar sobre sotaques britânicos, né?❤ É amor demais, meu sonho morar em Londres e escutar esse sotaque lindo todos os dias por ai. hahaha Vou responder a tag e ver se consigo postar já na terça-feira. Beijo, Lu!

    • JESUS, não sabia dessa história do ônibus! Que perigoso! Mais um motivo pra eu evitar bicicletas HAHAHA
      “Pensou que bosta fazer exercícios pesados por horas todos os dias e viver de batata doce? Pra mim não rola, não, prefiro meu chocolate.” THIIIIIS! SIM, MEU DEUS, OBRIGADA! (Tudo bem que eu não faço exercícios e não como direito, mas concordo plenamente)
      Sobre os vestidos e shorts, fico feliz que você tenha desencanado quase inteiramente, porque é muito bom usá-los. Espero que logo logo você chegue nos 100%.
      Só existem dois insetos que eu tolero (veja bem, não se trata de gostar, apenas de tolerar): joaninhas e borboletas. De resto, todos poderiam morrer, mesmo.
      E sotaque britânico é quase consenso universal❤

  2. A parte de indicar pessoas é altamente mandatória? Você indicou basicamente as pessoas que pensaria em indicar, então vou ter que caçar mais gentes.😄
    *estala os dedos antes do comentário textão*
    Olha, quando eu era criança até certo ponto da adolescência eu acreditava que seria de Biológicas ou Humanas, nunca me imaginei em exatas apesar de ser boa em Matemática (mas péssima em Física e bem mais ou menos em Química). Aí fui parar no curso que é Humanas demais para ser Exatas e Exatas demais para ser humanas, go figure.
    “Raramente passo mais de 24 horas sem ouvir música” – check!
    Eu não sei se ainda sei andar de bicicleta. Dizem que a gente nunca desaprende, mas eu que não vou me arriscar já que CAÍ DE UMA BICICLETA PARADA. Obrigada, vou ficar sem tentar um tempo.
    Eu também não entendo essa parada de amar exercícios. Até me sinto bem fazendo porém se eu pudesse parar de fazer eu pararia sem pensar duas vezes. (E me sinto muito melhor quando termino do que quando começo HAHAHAHA) Aparelhos de academia me dão a impressão de um hamsterzinho correndo numa roda, acho que eu me sentiria meio boba fazendo movimentos que não viram nada. Correr ao ar livre parece mais estimulante do que correr em uma esteira. Se não desse pra ver séries ou ler na bicicleta pode crer que eu já tinha desistido.
    Vestidos são amor.❤ Se for evasê, melhor ainda. Aprendi a amar também aqueles macaquinhos que parecem vestido mas tem o benefício do short de separar as coxas.😄
    Mas viu, é copiando desenhos que se aprende a desenhar. Meu "portifólio" dos 12 aos 15 anos de idade inclui basicamente isso.
    Chocolate é vida mas devo admitir que hoje ele divide o lugar com doce de leite em alguns casos.
    Olha, eu não tenho alergia a esmaltes mas acho que posso estimar que apenas uns 10% da minha coleção não seja 3 free. O mercado nacional melhorou muito nisso e andei comprando uns importados. =B
    Não dá para amar baratas, mas atualmente tenho coragem de matar. Até que ela voe, aí salve-se quem puder, porque a desgraçada vem pro meu cabelo.
    Se eu fosse usar uma metáfora, diria que sotaque britânico é a mistura de seda e lã. Com a suavidade de um e o toque aconchegante do outro. Estou fazendo algum sentido?
    Também prefiro evitar conflitos e, quando não tem jeito, tento apaziguar. Quer dizer, no teste MBTI eu sou A MEDIADORA (a.k.a. a hiponga com a coroa de flores que quer que o mundo viva em paz e amor), então acaba fazendo sentido.
    Vamos ver o tamanho desse comentário.

    • Tá pequeno, vou comentar algumas das suas outras respostas, licencinha.
      Acho que além de clean, o tema ~orna~ com a dona do blog por conta do piano, acho que tem tudo a ver.
      Colocar “data de vencimento” no blog é uma coisa complicada, né? Minha resposta seria “até quando der”. Desde quando comecei, há uns 13 ou 14 anos não postei nada durante 2 anos apenas, então dá para dizer que blogar faz parte de mim. rs
      Acho que trocar de blog com outra pessoa é o equivalente a trocar de calcinha com alguém. Pode ser do seu tamanho, mas sempre vai vestir meio esquisito.
      Tenho dificuldade em comentar resenhas, especialmente aquelas só com o release/sinopse oficiais. Quando o post é bem escrito eu tenho vontade de comentar mesmo que não sinta vontade de me utilizar do item resenhado.
      Meu método de escolher o que postar no blog: “siga seu coração”. Eu tenho quase sempre 11 ideias de textos nos meus rascunhos, mas na maioria das vezes elas vêm imediatamente antes de eu escrever o post.

      • Continuemos…
        Agradeço pelo que você disse do tema combinar comigo \o/ fico feliz
        Achei a analogia da calcinha perfeita! Acho que não conseguiria definir de uma forma melhor.
        E é bem essa a coisa que me agrada: mesmo que eu não me interesse pelo produto, eu tenho de sentir que o autor do texto se interessou genuinamente por ele.

    • Vou responder um comentário por vez pra minha resposta não ficar mais longa que o próprio post HAHAHA
      Eu cheguei a pensar em exatas e em biológicas quando era bem criança (até a quarta série) porque as matérias que seriam de humanas não me agradavam tanto assim. Daí fui pra quarta série, descobri que história e português eram bem diferentes daquilo que eu tinha visto até então e entrei num caminho sem volta de humanas hahaha… quanto a arquitetura, acho que tá um tico mais pro lado de humanas, mas entendo seu questionamento hahaha
      Acho que é assunto cíclico essa história de eu não saber andar de bicicleta e de você ter caído de uma parada, né?! Porque eu tenho a sensação de que a gente já passou por essa conversa antes.
      Eu não consigo me sentir bem nem quando eu termino. Eu começo a fazer qualquer exercício já pensando “meu Deus, falta quanto pra eu poder parar?”. Acho que o sedentarismo chegou em mim e parou, porque eu me canso só de ver os outros correndo ou fazendo qualquer tipo de atividade física. Não é muito normal, né?!
      Adoro vestido evasês em modelos dos mais variados. Com aberturas dos lados na região da barriga (não faço ideia de qual o nome técnico disso), frente única, com saia em “camadas”… ai, vestidos❤
      Minha tia sempre diz isso sobre os desenhos. Ainda precisaria praticar bem mais nas cópias até sair um original hahaha
      Adoro doce de leite, mas acho que nunca vai superar meu vício. E por que não misturar os dois e sair com um alfajor? Ou com um chocolate recheado? =P
      Fico tão feliz que o mercado nacional tenha se atualizado e agora tudo seja 3free…
      Me ensina a ter essa coragem de matar baratas? Ainda não consigo =(
      FEZ TODO SENTIDO DO MUNDO! Adorei a metáfora!
      Eu sou "a advogada" naquele teste, e o perfil vai na mesma linha. Inclusive quando você lê a parte sobre como esse perfil se comporta no ambiente de trabalho, é total uma vibe de "não quero brigas, então vou fazer de tudo pra evitá-las, mesmo que eu me foda no processo".
      O próximo comentário eu respondo à parte HAHAHA

  3. oi, oi.

    como assim tu não sabe andar de bicicleta??? gnt, juro que fico surpreso quando vejo alguém dizendo isso, mas, tudo bem! ngm é obrigado a saber andar de bicicleta, moto, carro (graças a Deus sei pilotar tudo isso. hahaha)…

    eu adorei as tuas respostas à respeito da blogosfera. eu tbm não trocaria o meu blog com ngm, nem com quem já é famoso. a gnt cuida do nosso espaço com tanto e do nosso jeitinho… ficar com coisas dos outros não seria legal. não seria da gente.🙂

    bjs!
    Não me venha com desculpas

    • Disso aí só sei o carro e morro de medo das outras duas hahaha… 1 de 3, até que não to tão mal =P
      Que bom que gostou das respostas! Vi que tanto a Mari quanto a Taty te indicaram pra responder a tag, e se você for fazer de alguma delas, ficarei ansiosa pra ler as respostas! =D

  4. Nossa, eu também não passo um dia sem ouvir música! Ouço muito enquanto estou no transporte público, mas chegando em casa logo boto alguma coisa pra tocar também – principalmente se tiver de fazer alguma atividade em casa, como limpar ou cozinhar. Também não entendo as pessoas com uma disposição imeeensa pra exercícios – só tenha isso pra comer e ficar no sofá hahahahaha E chocolate entra na categoria vícios (acho que poderia dizer doces no geral).
    Esmaltes: acho que nem preciso comentar, né? Pensando agora acho que só conheço você de pessoa mais viciada em pintar as unhas assim como eu!

    De novo, obrigada pela gentileza da mensagem que mandou, acho que você já imaginava que não seria muito a minha cara, né? Mas certamente mandarei todas as respostas só pra você ❤

    • Ouço música fazendo tudo quanto é coisa, até quando vou escovar os dentes eu to lá, com os fones de ouvido hahaha
      “Só tenho isso pra comer e ficar no sofá” – me abraça!❤
      Olha, se Deus existir, tenho certeza de que ele fez questão de inventar o chocolate com todo o cuidado do mundo e sem delegar a tarefa, porque não é possível.
      Eu conheço até que bastante gente que curte esmaltes, mas você é a mais legal de acompanhar. Toda semana é uma coisa criativa e louca nas unhas, fico analisando e perguntando as cores todas que você usou hahaha

      Mal posso esperar pra receber as respostas❤

  5. Pingback: Liebster Awards | IMAGINATIF

  6. Sabe, quando paro pra pensar em todas as carreiras que quis seguir e faculdades que quis fazer não entendo até hoje como fui suficientemente burra pra não ir pra onde eu queria (Biologia).
    Acostumei muito a usar a música pra me concentrar nas minhas atividades no trabalho, principalmente folk, como já comentei. Também é difícil o dia em que passo sem ouvir música.
    Como já falamos, adoro vestidos mas infelizmente não posso usá-los pra trabalhar </3 um sonho: um trabalho em que eu possa ir todos os dias de vestidos. Aliás, acho que aguento até uns 18 ou 19 graus de vestido de boa (sem meia ou com meia fina heh).
    Quanto a exercícios, bom, eu gosto da sensação que me dá quando termino, sabe? Não sei explicar mas me vem algo muito bom. Mas não que seja algo: OMG-PRECISO-TREINAR-HOJE-SENÃO-MORRO.
    Eu como chocolate branco se fizer parte do chocolate preto. Oi? Tipo aquele chocolate da Nestle duo, que é preto embaixo com um pouco de chocolate branco por cima.
    Te entendo perfeitamente quanto ao sotaque britânico. Estar em Londres foi orgásmico por muitos motivos e o sotaque maravilhoso deles com certeza entra nessa leva. Que coisa linda que era pegar o metrô e ouvir a moça falando "Stanmore" e o cara dizendo "mind the gap"❤ ai, gente.
    Eu sinto muito por você quanto a essa questão de fugir de conflitos. Não que eu ache que você está errada, muito pelo contrário, mas sinto que você sofre demais com isso =/
    E, olha só: eu nunca ia descobrir que era o seu piano no layout se não lesse esse post. Achei que fazia parte do tema já.
    Não ligo de comentar em posts com algo que não li ou não vi, mas concordo com você: se eu sinto que é só um copia e cola da sinopse sem grandes impressões, eu broxo lindamente.
    Adorei, Luh. E já fiquei pensando nas minhas respostas.
    Um beijo!

    • Você pensou em biologia e em letras ali, já no Ensino Médio, e foi parar num curso de Informática. Realmente foi um curso inesperado, mas não diria que é burrice. Cobram que a gente decida o que vai fazer pro resto da vida com 17 anos e a escolha nem sempre sai direito, né?!
      Acho ótimo que os locais de trabalho permitam o uso de fones de ouvido, assim não vou precisar abandonar os meus \o/
      Eu sou muito friorenta e, a partir de uma certa temperatura, só rola vestido se for com meia. Fico na torcida pra que em breve você possa ir trabalhar em algum lugar que permita vestidos sempre (não só por isso, você sabe, mas enfim…).
      Me ensina? Tenho consciência de que meu sedentarismo não é nada saudável, mas minha preguiça é tão mais prazerosa…
      Hahahahaha eu não curto chocolate branco nem assim, acredita?! Até tolero se for pouco, mas acho doce e enjoativo demais.
      Nossa, é tão delicioso ouvir os sotaques deles em Londres! Na época que eu fui tava chovendo turista por lá, então eu ouvia muitas outras línguas e pouco inglês, mas cada vez que ouvia o sotaque..❤
      Esse é o piano da casa da minha avó, o do meu apartamento tem outro estilo, mas a foto foi tirada no mesmo dia dessa aqui: https://www.instagram.com/p/8Jvaq8DxX_/ a com os dedos foi pro instagram e aproveitei a que tirei só do teclado pro tema do blog =D
      Ebaaa! Mal posso esperar pra que você poste a TAG com as suas respostas❤

  7. “Se você quiser me deixar feliz, chocolate é uma boa opção.” e “Odeio baratas com todas as forças do meu ser.” = EU

    Gostei muito das perguntas que você elaborou e como eu não tenho blog vou aceitar o desafio por aqui mesmo hehe🙂

    1- Se você pudesse abraçar um personagem (de livro, filme ou série), qual seria?
    São tantas opções que é difícil de escolher, mas adoraria abraçar o Sully do Monstros SA
    2- Qual o tipo de passeio que você mais gosta de fazer?
    Com as amigas em uma sexta ou um sábado à noite para algum lugar com comida maravilhosa❤
    3- Se você pudesse escolher o país em que nasceu, qual escolheria? Por quê?
    Preciso responder? Hahaha Inglaterra forever
    4- Qual a música que mais tem grudado na sua cabeça recentemente?
    Como eu sou uma pessoa muito eclética e indecisa, fico entre Stitches do Shawn Mendes e My Type do iKON (Kpop <3)
    5- Qual a sua comida favorita? E bebida?
    Batata frita e leite (não juntos, óbvio)
    6- Se você só pudesse guardar uma foto, qual seria?
    Uma foto da minha família de uns 8 anos atrás que fica em um quadro na sala da minha casa (que específico hein? hahaha)
    7- Qual é a sua lembrança favorita da infância?
    Provavelmente lembranças que ocorreram no antigo sítio do meu avô em Pinhalzinho
    8- Se você ganhasse na loteria, o que faria?
    Doaria metade e investiria no resto
    9- Qual instrumento musical você sabe tocar ou gostaria de aprender?
    Gostaria de aprender violão
    10- Qual presente mais te marcou na vida?
    Um conjunto de pincéis, tintas e telas de pintura dos meus pais quando eu era criança
    11- Se você fosse escrever um livro (ou fazer um filme/seriado, ou gravar um cd), sobre o que seria? E que nome teria?
    "Manual de sobrevivência do curso de Arquitortura"
    Acho que já está bem autoexplicativo hahahaha

    • Sabe o que eu achei mais lindo disso tudo? Se você tivesse um blog, com certeza estaria entre as indicadas. Parece que foi transmissão de pensamento você responder essas perguntas❤❤
      ABRAÇAR O SULLY!!!!! Como nunca pensei nisso!!!! Deve ser o personagem mais fofo de abraçar da história! (Bom, eu tenho um simulador em casa com meu bichinho de pelúcia dele, mas né… hahaha)
      Nossa, me apresenta essas amigas aí, devem ser muito legais, especialmente uma tal de Luiza =P❤
      Me sinto a completa tiazona de ler "Shawn Mendes" e não fazer ideia de quem seja (porque de Kpop eu já desisti, só conheço aquele dos 12 moços que acho que chama EXO. Acertei?)
      Eu imaginei batata frita com leite e não parece uma coisa muito agradável HAHAHA
      Acho que lembro mais ou menos dessa foto que você mencionou.
      "Doaria metade e investiria no resto" muito a sua cara!
      Cara, que bonitinho isso do presente. Já era um sinal da sua vocação pra essa área mais de artes (mesmo que arquitetura seja outra forma de arte) e do seu talento.
      E AMEI o nome do livro hahahaha sensacional.

  8. Adorei a ideia do post e sou apaixonadaaaa por tags. Mas vou comentar só algumas coisas:
    1- ME ABRAÇA, também não sei andar de bicicleta, hahaha.
    2- Chocolate branco nunca será um erro, será sempre o melhor acerto de todos. Chocolate preto só com coisas crocantinhas ou dentro das receitas.
    3- Morro por sotaque britânico. É tipo afrodisíaco e hipnotizante, ao mesmo tempo.
    4- Também sou apaixonadíssima por vestidos, mas fiquei até ofendida com essas temperaturas. 25 é quente!!! Jamé! Melhor temperatura é ali pelos 22, que dá pra usar qualquer vestido, talvez com um cardiganzinho ou blazer e pronto.
    5- Odeio exercício, podemos nos fazer companhia em uma tarde inteira no sofá vendo Netflix, sim? 6- Também já quis ser de tudo nessa vida, inclusive cientista.
    Parei agora, cê nem me perguntou nada disso e era pra ser um comentário curto. Ops.

    blogdeclara.com

    • !- Cada vez que vejo alguém dizendo isso me sinto menos sozinha no mundo HAHAHA❤
      2- Nossa, não consigo! Acho chocolate branco doce demais. Aparentemente eu curto mais o gosto do cacau do que você
      3- Ok, estou constatando pelos comentários que sotaque britânico é unanimidade!
      4- Hahahahahahaha eu sou muito friorenta. Mas ó, se te consola, nada acima de 25° é aceitável, mesmo com a minha propensão a preferir calor.
      5- Siiiiim, super topo! Melhor ideia hahaha
      6- Já quis ser tanta coisa maluca que acho que daria um post só pra isso!
      Adoro comentários textão e o seu foi maravilhoso, fique tranquila❤

  9. Eu sou a única pessoa dos anos 90 que eu conheço que consegue passar mais de 24h sem ouvir música e não se concentra bem fazendo as duas coisas, devo ter nascido na geração errada😄
    Eu também não sei andar de bicicleta, quando eu era pequena adorava andar com as rodinhas, mas meus pais nunca quiseram me ensinar a andar sem, eles diziam “ande e eu fico aqui com primeiros socorros para se precisar” – eu até tentei, mas a bicicleta estava com o banco alto demais e era difícil tocar no chão, então desisti. Recentemente minha mãe “comprou” uma bicicleta com dotz, mas novamente o banco é alto demais (pelo modelo mesmo, não tem como ajustar) então eu estou em busca de um salto plataforma imenso que faça isso funcionar😉
    Um dia desses eu lembrei de você e esmaltes, mais especificadamente sobre não tirar a cutícula (e como fazer na transição porque minha cutícula cresce feito louca) e ia te perguntar sobre isso mas como não via mais posts sobre esmaltes no blog fiquei sem saber se você ainda estava nessa.
    Eu também fujo muito de brigas, mas infelizmente sempre acabo me envolvendo em uma por ser muito ansiosa, as pessoas acham que eu estou irritada e querendo brigar quando na verdade só estou prestes a entrar em uma crise de pânico… Não é fácil explicar que você “não está estressada, só preocupada”, principalmente online, não sei soar de boa online, posso estar rezando, sempre tem um que acha que eu estou falando de forma severa ou irônica, é minha cruz nesse mundo digital.
    Eu adorei suas respostas, alguém comentou lá no blog que eu devia ter feito perguntas sobre outras coisas, mas eu pensei que como já tinha os fatos e a tag é para divulgar melhor blogs, seria melhor focar nisso. Mas vendo as perguntas que você fez fiquei meio arrependida.
    Beijos e até mais :*

    • Hahahahaha relaxa, Mari, já vi gente da nossa geração falando que sequer gosta de ouvir música! Conseguir passar 24h sem ouvir música é perfeitamente normal.
      Eu também gostava de andar de bicicleta na época das rodinhas, e adoraria que ninguém olhasse torto se eu, uma “adulta”, decidisse andar com rodinhas por aí. Acho que eu não teria o problema do banco alto (até porque, né, 1,74 de altura), mas morro de medo de aprender. Quem sabe um dia?
      Continuo sendo a louca dos esmaltes, mas desisti de não tirar a cutícula. Percebi que eu não tinha a disciplina necessária pra ficar hidratando com muita frequência, daí ficava feio (porque a minha também cresce loucamente). De qualquer forma, qualquer dúvida que você tiver sobre cores ou sobre 3free, pode perguntar! =D
      Eu também sou muito ansiosa, mas a perspectiva de brigar com alguém é uma das coisas que mais ataca minha ansiedade. Então eu to ali, morrendo por dentro, tendo um colapso nervoso interno, mas ainda consigo não brigar. E que engraçado, sempre te achei tão de boa na forma como você fala na internet! É uma pena que as pessoas confundam =(
      Ah, não fica arrependida, não! Suas perguntas foram ótimas! Depois de ler as que você fez (e as que você respondeu) eu não consegui pensar em mais nenhuma legal, então fui por outro caminho, mas adorei responder as suas❤

  10. Estou pra comentar nesse post desde o dia em que me falou sobre ele no Twitter, haha, mas a vida aconteceu e tal, demorei pra vir. Mas como diz o ditado, tardo mas não falho e eis-me aqui! YAY! Já respondi esse meme uma vez, mas faz tanto tempo que nem lembro mais, haha. Quando era criança eu já quis ser tanta coisa! Lembro que uma das ideias que persistiu por mais tempo foi ser pediatra, e duvido muito que soubesse exatamente do que isso se tratava. Aí virei arquitetura, tudo a ver. AHH, adoro vestidinhos também, mas não gosto de verão, daí meu drama. Mas eu adoraria viver só de vestidos, pena que não dá. E quem é que não gosta de chocolate? HAHA, gosto de tudo, até de chocolate branco.❤

    E gente, essa regra dos 200 seguidores foi estranha, HAHA. Mas fico feliz por ter sido indicada, já vou começar a preparar minhas respostas pra não ter erro!

    Beijo, beijo!

    • Eu também quis ser pediatra quando era criança! Gostava muito do meu e achava que seria algo legal, mas aí descobri, graças a um cartãozinho que vi no consultório dele, que crianças também morrem. Só de pensar naquilo me bateu um desespero tão grande que abandonei a ideia por completo e nunca mais voltaria pra ela. É pra pessoas como você que existe a primavera hahaha =P E olha, conheço pessoas que não gosto de chocolate, mas graças a elas fui capaz de confirmar minha teoria: quem não gosta de chocolate não é confiável! =P

      Também achei a regra estranha, por isso não me preocupei muito com ela. E mal posso esperar pelas suas respostas! =D

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s